sábado, 30 de janeiro de 2010

Dança Secreta

Esta noite , sombria e nostálgica ,
Sentimos um frenesim ...
Sons que nos entranham nos poros e sentidos ...
Desejos que afloram e mitigam o luto que me cobre ...
Luz ténue ... Acordes baixos ...
Corpos em sobressalto ...
Apetece-nos ...
Uma dança ímpar a par ...
Tu e eu ...
Convite que tarda ,
desejos que assaltam ...
Tu e eu ...
Vigorosos pela idade ,
Penosos pelo compromisso ...
Calámos o tesão nesta dança
de desejos contidos ...
Convite teu ...
Roço meu ...
Desejo nosso ...
O palco é nosso ...
Assim o queirámos ...
Desafio de tempos ...
A horas marcadas ...
Sonhámos ao longe ...
Tu e eu ...
Rostos colados com sabor a desejo...
Luxúria de corpos em extremidades
entumescidas ...
Teu corpo e meu corpo em sintonia ...
Dançámos , meu amor ?
Apetece-nos dançar ... secretamente ...
Aceitas ?
(p.s : comenta p.f )

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Bochechas ....

Quem consegue resistir a um bom aperto de bochechas ?
Enche-nos de ternura olhar e apreciar umas bochechas assim , tão doces e puras ...
Umas trinquinhas , yam yam , saberiam tão bemmmmm..



Por outro lado ,
Adorava colocar a minha marca em alguém hoje ....
Trincar e arrastar os dentes na carne doce e quente ...
Sabendo a tesão e a suor ...
Ups !
Aiiii que hoje isto vai lá vai ....
Voluntários ?????


quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Felicidade

Particularmente Feliz hoje !
Mais uma vez , e por entre tormentas graves ,
Senti a presença de Deus na minha Vida !
Um problema grave que se resolveu de um momento para o outro ...
Tirado do nada ... ali á minha frente ....
Lavada em lágrimas de alegria e gritos de agradecimento ...
Clamei dentro do meu carro a minha alegria ... até não poder mais ....
E Deus ouviu-me ainda mais ....
Reencontrei um velho amigo , muito querido ...
Puxou-me as orelhas muitas vezes ...
Senti a falta dele durante muito tempo ...
Revoltei-me contra ele durante outro tanto tempo ...
E hoje ... hoje ele reapareceu ...
Nem ele sabe realmente , o quanto o estimo ...
Talvez nunca venha mesmo a saber ...
Feliz , Muito Feliz ....
Obrigada !!!!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Loura

Acho que tenho mesmo que mudar de côr de cabelo ....
Talvez sendo morena , ou ruiva tenha mais sorte ...
Vejam o estado em que deixaram a moça ...
Toda arrepiada ... com um frio destes ...
Pára tudo !
Estarei a falar dela , ou de mim ?
Bolas ... complicada a situação actual ...
Deixa ver ...
Decididamente vou mudar de côr !

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Olhares ...

É muito bom sentir que nos olham ...
O mistério que envolve um olhar ...
Propositado , provocador ....
Involuntário e irremediavelmente sedutor ...
Os olhares despertam emoções e provocam sensações ...
Via directa para a alma ,
Porta de luz para o horizonte ...
Onde de longe se confunde o sentir ...
Olhares que mentem e descrevem ...
Olhares sentidos e devolvidos ...
Há dias senti um desses olhares ...
Com o negro que me cobre ,
talvez mais apetecível ...
Fui olhada ... uma e outra vez ...
E um arrepio atravessou - me o estômago ,
Estourando na cabeça ...
Corei ...
Adolescente incrédula ...
Que queria aquele olhar , que me perturbou até hoje ?
Olhos verdes , profundos num rosto moreno ...
Cravados em mim ...
Voltarei a olhar aquele olhar ?

domingo, 24 de janeiro de 2010

Pronome pessoal

Teu Corpo Perfeito !
Expôs-to para mim !
Miro-te com lãnguidez e desejo ...
Sinto-te erecto e firme ...
Aproxima-te cada vez mais ...
Lenta, lentamente ....
Desperta-me ...
Uma e outra vez ...
Mostra-te ....
Mostra-me ....
O Teu Corpo !

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Teimosia erótica ....

Porque teimas em me desnudar ?
Porque teimas em me percorrer a pele suada ?
Teimas em tirar-me o luto que me cobre e fazer esquecer ...
Retorces-me a teu prazer e ordenas obscenidades
Obedeço sem retorquir ...
Suores quentes e doidos de prazer amortecidos ...
Lágrimas que correm sem vontade ... doridas ...
Porque teimas em me fazer acender o que está já inerte há muito ???
Insistes com tons de voz inebriada pelo tesão esquecido ...
E arrancas-me gemidos , que afastam os fantasmas ...
Cravas os teus dentes na carne humedecida ...
Gritas ordens de loucura ao que eu , inebriada ,
obedeço sem demora ...
Teu corpo , minha pele ...
Teu sexo , meus peitos ...
Doces e agridoces ...
Percorres com lingua insistente de prazer ...
E sinto que te tenho ...
A cada estocada no meu Ser ....

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Vozes

Quantas vezes nos apaixonámos por ... vozes ?
A Voz !
Inebria , ilude , desilude, apaixona , odeia ...
Ouvimos pelo telefone a voz de alguém ,
fechámos os olhos e imaginámos o rosto ...
imaginámos os lábios de onde saem os sons ...
moldámos frases nos lábios dos mesmos ,
que gostaríamos de ouvir , proferidas com sentimento ...
A minha voz é grave ... potente , poderosa , como já lhe chamaram ...
não me imagino com uma voz de cana rachada ... não ficaria bem com o resto ....
Depois temos "aquelas" vozes ...
Teimando em nos desconcentrar ... perturbadoras do espírito ...
Acelera o calor e o sangue nas veias ... Sobem as tensões ...
Adoro uma voz forte , decidida, assertiva ...
Como nos pode enfeitiçar uma voz assim ...
Um feitiço daqueles que nos lançam
e permanece inquebrável ...
E sempre que a Voz surge ,
foge o chão por baixo dos pés ...
Murmúrios que sonhámos ...
Não são Vozes ...





quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Prescrutando

Sinto em mim uma paz muito grande ...
Estranho sentimento , para quem há muito vivia atribulada ...
Tudo se encaixa lentamente ... ´
Há desígnios que desconheço ,
nem sequer os desejo conhecer ,
para não perder a ansiedade da espera do futuro ...
Como tudo na vida :
"Nada se perde tudo se tranforma."
E mais uma vez sinto a tranformação
apoderando-se de mim , da minha alma ...
do meu ser completo ...
Pequenas vitórias , por entre grandes perdas ...
Sempre foi assim e sempre será ...
Busco sabedoria , não omnisciência ...
Continuo a amar sem medos ...
Isso , meus amigos ....
Fortalece-me

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Retorno

Volto , vazia de sensibilidade sensorial ...
Aos poucos encontro o meu caminho de regresso ...
Marco com lentidão , o arresto da dor ...
Não sinto nada ... Vazia ...
Nem dor , nem côr ...
Apenas uma luz ...
Não sinto raiva ...
Não culpo ninguém ...
Apenas ... sobrevivo com as memórias ...
As lágrimas não caem ...
Incrédula por tal ...
Insensível ao sentir ...
Um dia , espero chorar o que não chorei, nem choro ...
Quero chorar e não consigo ...
Amava-o tanto ... e não consigo chorar ....
Meu Pai.....
Perdoa-me ....
És capaz ?
Peço-te que cumpras o que te pedi à cabeceira ...
Visita-me ...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A todos os que me endereçam palavras bonitas e sentidas , o meu obrigada .
O processo é penoso e doloroso mas tem um fundamento ...
Obrigada a todos ....
A ti em especial , sei que estás aí ...
Obrigada

terça-feira, 12 de janeiro de 2010


Amem , Amem muito ...
Mas não se esqueçam de o demonstrar e dizer , porque um dia quando se aperceberem , pode ser tarde demais ...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

sábado, 9 de janeiro de 2010

Considerações

Hoje não me apetece ser sexy.
Estou em baixo , e estas coisas têm que ter hora certa , vontade e predisposição ....
Não estou revoltada com o Mundo , apenas com o que lá acontece ...
Deparamo-nos diversas vezes com situações que imaginamos , só acontecer aos outros as quais a nós nunca iria acontecer .
Debatemo-nos para as resolver e solucionar da melhor maneira , mas por vezes , o corpo não nos deixe alcançar mais , pois já estámos fartos de lutar e debater .
Nessas horas , devemos ser humildes o suficiente , para fazermos uma retrospectiva , e analisar como tem sido a nossa vida nos últimos tempos .
Tenho por convicção , que o resultado das nossas acções , trazem consequências , a curto ou longo prazo e que devemos ser responsáveis por elas e demonstrar humildade suficiente para as aceitar e corrigir .
Nessas horas , perdemo-nos da realidade e culpámos tudo e todos , menos nós próprios ....
Penso e acredito , que não somos só materia , só corpo , detiorável , mas sim , somos acompanhados por algo substãncialmente não palpável , que nos filtra , que nos regista as acções , tipo ADN , que mais tarde será passado para um "papel" onde tudo será contabilizado ...
Não temos a faculdade plena de discernimento !
Somos humanos , erramos imenso !
Mas a humildade deve ser um peso muito importante , neste desenrolar , a que chamámos Vida ...
Devemos amarmo-nos a nós próprios antes de mais e tudo o resto , pois quem não se ama , não pode e não deve ser amado ... mas com humildade !
Depois , devemos esforçarmo-nos por atingir objectivos sãos e correctos , de formas correctas ... os meios não justificam os fins ... Acredito eu !
No meio disto tudo , temos que dar parte fraca , ( eu dou ) e sentir que sozinhos nada conseguimos , e se temos alguma Força interior , a "Alguém" o devemos ...
Reclamemos essa "Força" interior , para nos ajudar a reescrever o nosso ADN ...
Não somos , como humanos , assim tão fortes ... Somos corpo , e alma ... o corpo morre , definha , com as nossas acções , a alma pode permanecer .... limpa ou conspurcada ....
Tento não ferir ninguém deliberadamente , e não falo em religião , apenas em crença em .... Algo ...
Um homem não é uma ilha ...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Carência

Hoje , meu amor , precisas de mim , eu sei ...
Vem ! Repousa o dorso em mim ...
Deleita-te na maciez que preparei para o teu corpo ...
Faz-te flutuar , não faz?
Então usufrui do que te ofereço ...
É tão simples quando assim é ...
Precisas de um ombro e algo mais ...
Esquece e dorme ... em mim ...
O leito está pronto para te receber ...
Vou untar-te com óleos de relaxamento ,
e acariciar-te o corpo cansado e sofrido ...
Esquece ... shhhiuuu ... não fales .... escuta apenas ...
( Amo-te ! )
Dorme petiz ... Logo , logo ... terás que ir ...

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Submissa

(... Adoro quando me subjugas assim ... )
Quando me cravas as garras da posse ...
Silencias-me com beijos
e enches-me a boca com doses elevadas de tesão ...
Percorres o meu corpo , rasgando à passagem
os obstáculos que te impedem o toque ...
Hummmmmmmmmmm !
Penetras-me de todas as formas e maneiras ...
E cobres-me a boca com a mão do senhor escravizante ...
Aiiiiiiiiiiiiiiii ! Potente ... tu ...
Força da Natureza !
Meu Senhor !
Obedeço sem pestanejar ...
Nem socorro peço ....
( quem quer pedir socorro numa hora destas ?)

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Procura


Do desejo nasce o toque ,
e com o toque me prendes ...
Buscas o inaúdito e encontras o perdido ...
E assim me perco sempre que estás ...
E sabes que estás ... no toque que sentes ...
Das minhas mãos nuas ... sofridas e sôfregas ...
Hummmm ! No toque me enlaço em ti ...
Sempre que navego nas imagens , perdidas no tempo ...
Desejo perverso de ter-te ... nas noites ... sentidas ...
Noites ... frias ... lençois mornos do meu corpo ...
Que procuras agora , que me não sentes ?
Que me não tens ?
Será que sentes ?
Procura ... onde queiras ...
Onde desejes ... Onde...
Jamais buscas ...

(Re)Inicio

Longos são os dias que passo em memórias ...
Construo castelos em nuvens , que logo se desvanecem
para dar lugar a outros castelos , mais belos ainda ...
As muralhas que construo , dia a dia , protegem-me ...
Sinto o peso da pedra , que atei ao coração ...
E que lentamente , vou soltando o laço ...
cada dia um pouco mais ...
Quase liberta ...
Mas continuo a erguer , belos castelos ...
E como são belos ... Meus Deus , Obrigada !
Tatuada na pele , sabes que tenho a imagem de outrora ...
Não a posso arrancar ...
Também não o faria , perdoa-me !
Faz parte de mim , do meu crescimento ...
Da paixão enraivecida sem respostas ... da dor ...
Do desejo ... Do amor ...
Não me canso de o dizer ... mas o meu Verbo é "Amar"
Solta ...
Em breve .... Encontrarás , o Princípio de tudo ...
Onde começa o meu corpo e acabará o teu ...
Onde me tocas e respondo em gemidos de amor ...
Não só de desejo ...
Nada devo ... tu sabe-lo !
Ou não ?
Este corpo que poderia ter sido ... e não foi ...
As mãos que o não tocaram , mas que o desejaram ...
Os lábios que sofregamente me suplicaram e não os ofereci ...
Palavras sussurradas , juradas , não cumpridas ...
Irrelevante ... agora ...
Inicio de uma nova década ...

Hino 2010

domingo, 3 de janeiro de 2010

Mãos

As mãos que me tocam serão ou não ...
Puras, singelas , cheias de paixão ...
Serão , então ...
As mãos ... apenas as mãos ...
que me tocam ...
E em tesão me envolvem e derretem ....
E sonho e desejo com mais mãos , ainda...
Toquem-me se assim desejardes ...
Experiência que encarno ...
Agora ...
Neste novo Ano ....
Não interessa quem são ...
Apenas mãos que castigam , que obrigam ...
mas que sabem desejar ...
causar prazer ...
Que afagam , que tilintam ...
Que regozijam e destilam ..
Aqui e agora ...
Além ... com quem ?
Simmm .. Venham as Mãos ...
Sinto falta do toque ...
Aquele ... Sabem ?