sábado, 28 de agosto de 2010

Férias ... finalmente


Descanso ... aqui vou eu ...
lamentavelmente ... vou de férias ... eu "juro" que não queria ....
mas a lei me obriga ....
( acho que já estou atrasada )
lá vou eu ter que ficar sexy and hot , toda bronzeada e tal e coisa ...
regresso a 15 , ok ?
não saiam daí ....
beijos com coco ...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

... por este rio abaixo ....

.... aquece-me o dorso com que me derramas o calor ....
.... sente como recebo o toque do café recém preparado ....

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A Ti Overlimit ... o quanto me fazes sorrir

" Não me apetece escrever mais hoje ! Tenho o teclado bloqueado e desapareceu-me o rato ... "

hahahahahaha ... só mesmo tu ....

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Saudades ....

Hoje senti uma saudade .....
Quando era tua por inteiro ....
Quando pela manhã me sussuravas palavras doces ...
Quando longe se fazia perto ...
e me fazias crer que tudo era possivel ...
Senti saudades do nosso canto que projectamos ser só nosso ....
Senti saudades dos planos que nos levavam sempre ao riso ...
das sopas feitas em conjunto ....
dos jantares à minha espera ...
Senti saudades do "meu amor" ...
Senti ... ainda sinto ...
a calmaria tomou conta de mim e estou em paz ....
muita paz que necessitava para a minha sanidade mental ...
( pudera eu saber se era recíproco )
Não importa , sabes ?
Porque na realidade o que me importa , é o que restou em mim e nas minhas lembranças ... na minha memória recente ....
sorrio pela lembrança ...
mais calma e doce agora ...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Toques

Deleito-me com o toque com que acaricias a minha pele ao som das palavras proferidas com doçura e candura ...
ingenuídade genuína ... senti no teu tom ....
Adoro homens tímidos ....
tocas-me sempre que te sinto ...
"Mulher fantástica!"
dizes ... sinto-o ... como veludo em pele nua ....
posso dizer-te :
"Quero-te ?"
Responder-me-ás :
"Como me queres ?"
Dir-te-ei :
"Com candura , ternura e paixão se o desejares ... "
Queres ? Que te toque , assim ?"
Aguardo ....

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

com gestos de prendas dadas ....

Ofereci-me a ti com a desenvoltura de virgem , e me recebeste e tomaste em teu colo como um amigo que suporta as dores do outro quando em desespero .
Descobriste o meu corpo , desvergindaste-me com a surpresa em dia de aniversário ....
E eu , menina , me senti tão bem ...
Sabes que adoro , quando me cobres de beijos ?
Sabes que me derreto ao ver-te nú , dorso peludo e forte , em triângulo ...
Sabes que adoro ver-te ... ao longe ... e apreciar as tuas feições ?
O teu sorriso , a tua língua ... os teus gestos ....
tudo me ofereces sem nada pedir ... e ...
Sou tão feliz por existires !

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

.... beijo mordido ...

O que me sabe mesmo , mas mesmo bem , é ...
sentir os teus lábios mordidos pelos meus ...
mastigar-te a língua no meio dos dentes a saber a mentol ...
enrolar-te todo no meio da boca ... e chupar-te esse membro ...
Sim , membro ... porque a língua é um membro .....
quente e húmido como se deseja ....
forte e maleável como convêm ....
enternecedor ou basófias ....
Morder-te os lábios ... é bom por demais ....
sentir a tua saliva a pingar-me ....
misturarmos os sabores e sugarmo-nos ....
É bommmmmmmmmmmmmmmm....
Vamos ?

sábado, 14 de agosto de 2010

Velada

Senti-te como nunca esta noite ...
Senti-te com veemência no meu corpo ...
Trajei-me de negro para te receber ...
Descobriste - me o rosto com beijos longos e doces ...
sorri ao ver-te e logo te tomei em meu colo ...
olhaste-me ... olhei-te ....
velaste-me longamente .... até adormecer de novo ...
assim ... tão doce em tempo de calor ...
janela aberta ... brisa suave ....
dedos arrepiando ... nos poros dormentes ...
velaste por mim... o sono dos amantes ...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

... auscultando ...

... o cerne da questão ...
compreender a essência de corpos escaldando ....
o desejo latejando ...
e os poros destilando ...

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

... things ...

... I fell like doing something .... different ....
Would you ?

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Quero ....

Quero tudo o que a vida tem para me dar ...
Quero viver de acordo com a minha consciência sem magoar ninguém ...
Quero amar e ser amada ....
Quero desejar e ser desejada ...
Quero que o vento me traga boas novas e regenere o meu ser a cada instante ...
Quero ser verde em corpo maduro e dar a provar o meus lábios ...
Quero tudo a que tenho direito ... e dar-me ...
Quero dar tudo o que tenho ... tudo ...
Para ser Feliz ....
Quero sentir-me bem no meu corpo e na minha alma ...
Quero - te com todas as minhas forças de mulher e amante ...
Quero .... quero tanta coisa que me engasgo só de pensar ...


terça-feira, 10 de agosto de 2010

O QUE ME DIZ O TEU OLHAR ?....


... quando esboço um sorriso ?
... quando por meu rosto rolam lágrimas ?
... quando te olho com paixão ?
beijos te dei ...
olhares desviei ...
sentimentos descrevi ...
mas o teu olhar ...
gravado em mim ...
assim se manifesta ...
preso na retina e no pensamento ...
quando gemes de prazer por mim me ter
quando me devoras com as mãos ,
acompanhas com a boca ,
e me tomas tua ...
O que me diz o teu olhar nessa altura ?
que te desejo , que te tomo como meu ...
que te devoro a longo e curto prazo ...
que de meu manual te transformo em lição de vida ...
Sutra transformado em Karma ...
O teu olhar ... que me diz ele ?
Que me queres !
Que me desejas explorar ...
que sempre que acordas , é para mim que voas ...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010


Ardo em chamas de desejo ...
de corpos sentidos no silêncio da noite ...
combato - me com a avidez de amante ...
sonho-te , com o dorso presente ...
palavras soltas que me estonteiam ...
kama , karma , kama sutra de cores ...
e a chama ... ai a chama que me arde no peito ....
e os poros se incêndeiam ...
e os pêlos se eriçam ...
hummmm , queres que me apronte ?


sábado, 7 de agosto de 2010

..pureza ou luxúria ?

quantas vezes me expus para ti ?
quantas vezes te povoava os pensamentos com a minha imagem ?
quantas vezes não  ligavas e ignoravas ...
perdeste a frase no tempo das memórias não vividas ...
perdeste a candura que se fazia cada vez mais viva ...
perdeste ... simplesmente .... o meu Ser ...
Desiludi-me e enfrentei !
Rasguei o veú da luxúria e confrontei-me !
A realidade dura e crua da inocência perdida nas
 breves linhas que dedilhavas de quando em vez ...
estúpida mulher que se desfez banhada em lágrimas
por uma estrofe...
Sim, estúpida !
Não é estupidez , entregar o desejo , a paixão , e a luxúria nas mãos de uma só pessoa ?
Não é estupidez acreditar que há realmente pessoas diferentes ?
hum , talvez.... quiçá?
perdi-me de paixão ... Amor? sim ! Amor !
Porque se não nos apaixonarmos , não vivemos , não pecamos , não ... NADA !
desfaçam a ideia que são puros e rectos , aqueles que julgam "amar"...
vontade de rir , no palco da noite .... hahahahah
Ás vezes virgem , outras vezes meretriz ...
A vida castiga - nos e pagámos ...
Perdemos a pureza e ...
NADA! Não resta nada ! ....
apenas a Luxúria ....
Tu!
Sim , Tu!
que lês estas linhas ....
Sabes quem és , realmente ?


quinta-feira, 5 de agosto de 2010

... ainda mais ...

No teu corpo nú me encaixei e nele me vim ...
Saboreaste-me e os arrepios se fizeram sentir ...
Gemi ... Gemi como louca esquecendo-me de tudo ....
Naquele momento , era só a tua boca e língua , os reis da festa ...
Ai que loucura me fizeste sentir ...
o entorpecimento dos membros atordoados ,
envolviam-te agora como uma ursa ....
tomei a tua cabeça massajando-a ...
empurrando para mais abaixo ...
mais fundo ... mais ....
mais tudo ....
naquele momento ,
só queria que entrasses em mim ...
que me humedecesses ainda mais ...
que fizesses gritar ... ainda mais ...
e regozijavas ao ver-me contorcer de gozo ...
fazias tudo para me agradar e me fazeres escorrer...
dedos adentro ... língua tilintando ...
bicos rebentando do tesão ...
teu membro tão forte e hirto ....
roçava-me ... ainda mais hirto e duro que antes ....
causaste-me um gozo prolongado e selvagem ....
logo me tomaste de costas para me sentires por dentro ...
quente e molhada ... escorrendo ...
ainda o sinto ... passado tantas horas após ....
ainda mais agora que ....
Ai como me pões !

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

... em meu peito ...

sustento o peso do mundo em meu peito ...
largo e doce como o algodão ...
envolvo a essência do Kama
na cor do horizonte do destino ...
meu Kama ou Karma , é ter-te em mim ...
colar-te bem fundo nas minhas memórias ...
largar-te só de vez em quando para que possas
fortalecer os pulmões , mas manter-te perto ...
bem perto de meu coração que ainda pulsa ...
pulsa de prazer, de dor e de alegria ...
por te não ter , por te ter apenas ...
em meu peito ...
aqui e sempre ...


segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Excesso de gozo é dor ...