quarta-feira, 2 de março de 2011

... à socapa ....

Quando te quero , não há como esconder o tesão que sinto ...
sou transparente ....
piscar de olhos que te ilumina o rosto , escapadela para o escuro ...
como saqueadora te apalpo , tomando consciência do estado puro de erecção ...
e logo te desço o que separa o meu corpo do teu sexo : o fecho das calças !
é fácil como te desejo tanto ... basta te pensar  ! 
Basta imaginar o teu gemido cor púrpura de realeza encostado no meu ouvido ...
Parede  forte que me acomoda e te faz penetrar com vivacidade em mim ....
Tira-me a inocência que não tenho há muito !
Espeta-me bem forte contra o tronco frio ... 
"Quero-te!" Isssssso !" 
Gemidos sentidos no meio do cheiro que o teu pescoço me dá ... 
o perigo da descoberta é mais forte quando já escorremos , coxas abaixo .... 
Hummmmm ... tapas-me a boca para o abafar e trinco-te a mão de gozo que sinto ... 
Quando queres outra vez , assim , à socapa ?

5 comentários:

  1. Querer, querer, querer.
    Sempre somente querer.
    É bom demais.
    Quero...

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. louco seria se te fizesse esperar mto tempo até repetir

    ResponderEliminar
  3. hum... à socapa, dá muita tesão ;)

    bj doce

    ResponderEliminar
  4. Hummm! Quando queres?

    Agora, já, sem espera...

    bjos querida!

    ResponderEliminar