terça-feira, 27 de outubro de 2009

Desvendar



Homem !
Viaja o quanto queiras, mas não abandones o teu Eu !
Cobres o rosto e alma com sentimentos fugidios e esquivos ...
Não mostras a alma que chora em silêncio e escondes o medo que sentes do futuro !
Permite-me desvendar-te !
Vem !
Estou aqui , pronta p'ra te receber e acolher ...
Shiuuuu não fales ! Não precisas !
Eu entendo e também não quero ouvir nada ... apenas ... acolher-te ...
Retirar-te a máscara e sentir-te o rosto cansado ... afagar-te o corpo em meu corpo ...
Untar-te com óleos relaxantes e fazer-te esquecer o pánico ...
Percorrer teu corpo e sobrepôr-me a ele , fazendo-te estremecer ...
Shiuuuuuuu ! Calma !
Esquece, é passado ! Vivências que não arruinarão este momento :)
Sopro-te, murmurando em teu ouvido algo que só nós compreendemos e sorris ... relaxando ... abandonando o teu corpo físico ...
Sou teu unguento e objecto de prazer !
Não te mexas !
Inspira , relaxa !
Vou fazer-te gozar ...
Serás minha cobaia , sem prejuízo físico ...

3 comentários:

  1. Desvende-me!!! Estou aqui e sou todo mistério.

    Ah... Já viu o filme? Hummmmm... Que filme delicioso então!

    Beijos

    ResponderEliminar