terça-feira, 17 de maio de 2011

... promessa cumprida !


pediste-me para aguardar pacientemente até à noite , assim o fiz ...
prometes-me diversão alargada , e assim foi ... 
como o fazes deliciosamente bem ... 
como me pões doida por te ter ao mexeres no que é meu sem pedires ... 
como me exploras de assalto e sem te vingares ...
me pões a pão de pedir ...
sinto-me escorrer com o primeiro toque, o primeiro tilintar de dedos em mim ...
o meu corpo reage como adolescente ... pingo ... abundantemente ....
lambes , sofregamente , agitas-me como iogurte e pingo mais ainda ... 
ignoras o meu suplício e continuas a tortura de lambida atrás de lambida ...
penetração com um e mais dedos ... 
grito ... não aguento mais ... venho-me alto e pingo quente ...
que absorves e ordeno num beijo sentir o meu sabor ....


como sempre , regalámo-nos com o corpo um do outro , num abraço em concha ,
roçando o sexo duro ainda nas minhas nádegas quentes e duras ...
desejosa por mais , e por te sentir dentro de mim , mexo a anca ...
uma e outra vez ... 
beijas-me os ombros e as costas ainda suadas ... 
que tesão me dás !
toco-te nas nádegas e puxo-te para mim ... 
roço-te ainda com mais vigor e logo te aprontas para uma rodada mais ...
repetimos ...
agora, unidos pelos sexos molhados , desejosos de serem unidos mais uma vez ... 
apalpas-me as mamas e percorres-me as costas ... com essa boca que antes me saboreou...
a minha , ainda tem o teu gosto ... que te fiz brotar pouco a pouco ... 
enlouquecemos esta noite ...
mas ...
a promessa foi cumprida !

3 comentários:

  1. E numa posição assim.... que promessa nada! Vai no instinto mesmo...

    Beijo

    ResponderEliminar