quarta-feira, 18 de agosto de 2010

com gestos de prendas dadas ....

Ofereci-me a ti com a desenvoltura de virgem , e me recebeste e tomaste em teu colo como um amigo que suporta as dores do outro quando em desespero .
Descobriste o meu corpo , desvergindaste-me com a surpresa em dia de aniversário ....
E eu , menina , me senti tão bem ...
Sabes que adoro , quando me cobres de beijos ?
Sabes que me derreto ao ver-te nú , dorso peludo e forte , em triângulo ...
Sabes que adoro ver-te ... ao longe ... e apreciar as tuas feições ?
O teu sorriso , a tua língua ... os teus gestos ....
tudo me ofereces sem nada pedir ... e ...
Sou tão feliz por existires !

4 comentários:

  1. Entrega de corpos, sentimentos... lindo.

    ResponderEliminar
  2. Muito, bem o que sinto pelo meu Plebeu...
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Muito legal demonstrar toda essa paixão pelo parceiro. Acho que deveria ser assim sempre.

    Beijão do Vlad.

    ResponderEliminar